sábado, 2 de abril de 2011

E aos 31…

Quem se lembra da minha lista Projeto dos 30? Nem eu mais lembro, fato. Mas lembro de alguns itens básicos como ter minha casinha, casar, ter filhos. Quem lê parece até que nasci pra ser esposa, mãe e dona de casa né?! Mas não. Essa lista surgiu na minha crise dos 27, 28 anos, juntamente com esse blog, quando percebi que vivia só para trabalhar e sem grandes propósitos de vida, como a maioria das mulheres já crescem tendo, como constituir uma família.

Pois então que várias coisas aconteceram de lá pra cá.

Casa PrópriaAluguei um apartamento com Eduardo e então “casamos”. Demorou tanto pra montarmos nossa casinha que quando ela estava quase toda pronta, resolvemos comprar uma casa, um coisa que nunca pensei em fazer na vida. Entenda: nunca pensei em morar em casa. Sou cria de apartamento, sempre tive medo de casa. Mas sempre quis comprar uma casa, no caso, um apartamento. Mas como o marido é cria de casa e com a Melzinha em nossas vidas, resolvemos por uma casa. Uma mudança e tanto! Demorei a me acostumar a morar em casa e ainda estou me acostumando a morar tão longe do trabalho. Mas é tão bom morar aqui…

A Mel foi outra grande surpresa na minha vida. Pra quem me conhece de longa data, sabe que sempre tive medo de cachorro. Medo de atravessar a rua por conta de um poodle! Mais uma “imposição” do marido era um cachorrinho. A escolha não foi muito sensata na época. Escolhemos um cachorro e trouxemos outro pra casa. Queríamos um cachorro de apartamento, calmo, tranquilo. Trouxemos a Mel: uma beagle q destruiu meu apartamento todo e até mesmo o rodapé (!), mas que sempre foi a alegria de nossas vidas. Morro de paixão por ela. Tanto que cometi uma loucura ainda maior: arrumei um namorido pra ela! O Shake. Ele chegou quando viemos pra casa nova, já criado, com 11 meses. A Mel não o recebeu muito bem, até o dia q ela ficou no cio e ficou cheia de graça pra ele. Nunca pensei que fosse ficar tão apavorada com eles “namorando” rs E desse namorico, nasceram 4 netinhos: 2 foram para novos lares e 2 estão aqui comigo. A Preta e o Nick são um caso a parte. Ela é a personificação de tudo q tem de pior dos pais, uma peste muito pior que a Mel, mas sem a liberdade da Mel, ai as coisas são mais controladas, sem destruição. Ele é a coisa mais fofa do mundo, chega a ser um bobão, sofre bulling coitadinho rs Já deu pra ver q enlouqueci né?! Só uma doida pra aceitar ter 4 beagles em casa. Mas enfim…

O casamento não saiu até hoje. Um dia ele sai né?! Espero rs Quem sabe num daqueles casamentos comunitários em igreja onde sempre tem um bando de velhinhos se casando?! Quem sabe rs

GravidezE esse ano, como presente de 31 anos, ganhei o presente mais especial de todos: um bebezinho que está sendo gerado na minha barriguinha. Estamos com exatas 15 semanas e 3 dias. Como nada é muito simples na minha minha vida, passei um perrenguezinho na 8a semana, tive que ficar de respouso e até hoje ainda estou cheia de dedos pra fazer certas coisas, vivendo a vida mas com muita, muita moderação. Ele chegou de forma muito inesperada (salve, salve tabelinha q nunca falhou e dessa vez fez gracinha comigo rs). Sempre fui tão regradinha que com 2 dias de atraso fiz o exame de farmácia pq ia pintar o cabelo e deu lá: positivo! O medo da verdade era tão grande que levei uma semana pra fazer o teste de farmácia e assim mesmo só fiz pq marido me largou na porta do laboratório e disse: vai lá e faz agora esse exame! Só quando vi aquele 7420 no beta que vi q estava grávida mesmo. Eram só 5 semanas e 1 dia. Mas com o resultado em mãos já deu pra acreditar. O medo na verdade era do novo e não de estar grávida em si, até pq estava querendo um baby tinha tempos (meus ultimos posts me denunciavam né?!), mas estava esperando o marido se formar para então providenciá-lo. No dia seguinte ao exame de farmácia, foi a formatura do marido. Coincidência não?! Obra divina, só digo isso…

Estar grávida desse bebezinho foi o que me fez ter “coragem” de voltar a postar. Queria compartilhar com vocês essa experiência super nova na minha vida, trocar experiência com as mamães blogueiras, registrar esse momento mágico!

Ai vocês devem estar se perguntando: e o trabalho, estudos, malhação? Malhação está de lado por enquanto. Estudos idem. E o trabalho continua o mesmo, mas pode até render posts futuros…

Vamos ver se dessa engreno de novo e voltar a postar com frequência né?!

6 comentários:

Bruna Lopes disse...

"Só" a gravidez já é uma grande mudança, né?! :) Parabéns por esse momento lindo. Aproveite bastante cada segundo e depois, me passe as dicas! rsrsrs Bjinhos! Tudo de bom pra família que cresce!
OBS: Ainda estou aguardando o casório!!! Pode acontecer com barriguinha mesmo... rsrsrs

Um Filho Pra Chamar De Meu disse...

Olha Tha, posso te dizer por experiencia própria q as coisas toooodas se ajeitam, é só vc querer!
Meu Heitor tb veio assim, num boicote da tabelinha, o casamento tb veio assim, nada tão programado, mas a felicidade q isso trouxe NADA me faria tão feliz...
Não deixe de estudar, viu? Monta um esquema q se adapte a vcs e "cai dentro", essa época da "barriga" é a melhor...os profs , os amigos da turma seempre dão uma mãozona!

to aqui na torcida!
beijos p vcs!

Claudia Melo disse...

Thaís,

Sabe que sou sua fã, né? Adoro seus posts! E com a distância essa é uma forma de acompanhar suas novidades e, claro, esse ótimo humor! :D Eu me identifico com vc, já te falei isso, principalmente sobre a minha visão feminina (não) tradicional. Mas de uns tempos pra cá (depois dos 30? rs), além do igual problema com TPM, dias de menstruação cabulosos hehe e por aí vai, também comecei a pensar em um bebê :)

Bem, tudo isso é pra dizer pra vc curtir com toda a plenitude esse momento lindo, essas descobertas, essa nova fase, enfim: tudo de melhor que essa vida nos oferece :-))) E vou acompanhar o blog como mãe pretendente hein!! ps: um dia desses uma colega me aconselhou a ficar grávida durante o doutorado - achei essa ideia meio crazy hahaha mas quem sabe :-)

Mari Hart disse...

Querida, tenho 3 filhos, (economizei gravidez, tive gêmeos!), mas nenhum deles foi programado! Com 27 anos já era mãe de 3 crianças! Tudo o que tem que ser será, e acho que se a gente planejar muito nunca acaba saindo com a gente espera, nada como sustos da vida p/dar mas emoção! rs!

Essa sua "crise" é comum em todas nós mulheres! E outra: sabia que o pico de beleza da mulher é aos 31?! Pois é , descobri isso a paouco tempo qdo fiz um post sobre "30, os novos 20?".

Beijokas e muita felicidade e saúde p/ bebê! =)

Erica disse...

Amiga querida
Vou repetir mil vezes que estou muito feliz por vcs.
Sabendo do seu desejo de ser mamy e dos objetivos "prioritários" que te impediam disso. Quando vc disse q tinha ido a formatura do maridao o pensamento de todas as amigas foi "chegou a vez do baby" E na verdade ele já estava aí com vcs comemorando.
Vc fez tudo certo e tenha certeza que vcs darão conta de tudo. Mãe eh assim: ela nao se cansa, ela lembra de tudo, tem tempo pro marido, pra família e tempo de estar sempre linda.
Ainda nao vi essa barriguinha crescida.
Suuuuper beijo e conte comigo pra tudo
Eri.

Deny disse...

uhuuuuuu blog de cara nova e vc numa fase muito especial! Gostei de tudo!!!! Nossa vida muda realmente muito rápido, graças a Deus que a sua tá só melhorando!

bjins