quinta-feira, 29 de julho de 2010

Como preparar o corpo para uma gravidez sadia e tranquila

GravidezHoje cedo estava lendo jornal e vi essa reportagem e achei legal trazê-la aqui pro blog, ainda mais porque estou com várias amigas tentantes e gravidinhas. E fora que se tudo der certo, ano que vem será o meu ano de procriar cabeçudinhos. É bem parecido com outro post que coloquei aqui.

Obstetra ensina como preparar o corpo para uma gravidez sadia e tranquila   

RIO - Cada vez mais estudos comprovam que preparar o corpo antes de tentar engravidar pode aumentar as chances da concepção e protege  o bebê de uma série de doenças. Além de ficar longe do cigarro e das drogas, o obstetra Luiz Fernando Dale afirma que as mulheres que estão querendo ter um filho devem passar a comer bem, praticar exercícios físicos e cuidar bem dos dentes.

- Ao parar o método anticoncepcional, a fertilidade natural ocorrerá em 30% a 40% dos ciclos. Isto significa que você provavelmente não vai engravidar na primeira tentativa. É preciso ter paciência, já que em 85% dos casais uma gestação ocorrerá.  Uma mulher saudável, com menos de 36 anos, pode tentar engravidar por um ano sem ajuda médica  - afirma Dale.

Os 12 passos que levam a uma gravidez tranquila:

1) Procure seu médico: Vá ao ginecologista fazer uma avaliação de rotina (preventivo, exame de mama, exame ginecológico e exames de imagem, se necessário). Ao avisar dos planos de gravidez, o médico vai pedir um exame de sangue. É importante falar para ele se você tem diabetes, hipertensão, epilepsia, depressão ou outras doenças crônicas para que ele adapte as medicações usadas. Algumas medicações são seguras, outras podem trazer riscos ao bebê. Não esqueça que substâncias naturais também podem oferecer riscos. Não esconda do médico as doenças, incluindo as sexualmente transmissíveis, que você e seu marido já tiveram. Certifique-se que suas vacinas estão em dia, e só recorra a vacinação com conselho médico.

2) Tome ácido fólico: Inicie a suplementação de 2 a 3 meses antes de engravidar e durante a gestação tome uma dose de acido fólico de 5 mg por dia. A vitamina irá diminuir em dois terços a chance de alterações do fechamento do tubo nervoso do bebê.

3) Controle seu peso: O sobrepeso pode levar a um aumento dos casos de diabete gestacional e hipertensão. O final da gravidez das mulheres mais gordinhas pode ser mais difícil e a incidência de cesarianas é maior. Ao final de uma gestação, a mulher deverá ter engordado em torno de 9 a 10 kg, que correspondem ao peso do bebê, água, placenta e edema. Tudo que for a mais significa gordura, o que trará uma dificuldade de perda na fase pós parto. Por isso, é importante estar em forma antes da gravidez.

4) Não exagere no álcool e fique de olho no prato: Para Dale, é preciso ter bom senso, já que o excesso ou a falta de nutrientes pode prejudicar o bebê. 

-  O álcool, sendo uma taça ou outra de vinho não faz mal, lembremos que os europeus tem o vinho na dieta habitual. Um mito atual é que a grávida não deve comer comida japonesa. Mesma coisa, no Japão as gestações são alteradas? A história de que grávida não dever comer alimentos crus é verdade para carne crua ou mal passada, mas não para peixe cru.

Ele lembra que bebidas alcoólicas em excesso podem levar a baixo peso do bebê ao nascer, e também causar defeitos cardíacos, alterações no crescimento fetal intraútero e interferir até com o desenvolvimento cerebral. Quem come salada na rua deve optar por bons restaurantes, que lavam os vegetais com critério e onde os empregados usam luvas e gorro.

- Não existem alimentos que melhoram a fertilidade, a saúde é que melhora a fertilidade. Um corpo saudável é que é mais fértil.

5) Não use drogas:  Drogas ilegais são prejudiciais para a grávida e para o bebê. Eles podem nascer com síndrome de abstinência e ter uma maior dificuldade de relacionamento e de aprendizado. A maconha está ligada a baixo peso do bebê ao nascer. A mulher que quiser engravidar deve abandonar as drogas por completo, antes, durante e depois.

6) Evite a cafeína: Procure ingerir menos café diariamente. Um café expresso ou 3 xícaras de café comum ao dia não trazem problemas.

7) Pare de fumar: Fumar eleva o risco de bebês de baixo peso ao nascimento, parto prematuro, complicações na gravidez, e síndrome de morte súbita do bebê. Atenção porque até fumantes passivos correm os mesmos riscos.

Parar de fumar também pode facilitar a capacidade de engravidar. Existem evidências hoje de que o fumo diminui a fertilidade masculina, então se você é parceira de um fumante, peça para ele parar de fumar. Se for necessário, peça ajuda ao médico.

8) Entre em forma: Exercícios regulares ajudam a perder peso, melhoram o humor e reduzem o estresse. Para Dale, trinta minutos 3 vezes por semana é o ideal. Natação, ioga e caminhada são excelentes exercícios para depois que a mulher estiver grávida. Fazer exercícios nos três primeiros meses de gestação não traz problemas. No caso de cólicas ou sangramentos, o repouso deve ser observado.

9) Privilegie a alimentação saudável: Alimente-se bem, dando preferência a frutas, vegetais, grãos, proteínas. Evite gordura, fritura e açúcar. Não existem relatos comprovados que os adoçantes façam mal, mas procure utilizar o Sucralose, que é um derivado do açúcar. Stevia e frutose também são opções. Se tiver dúvidas, procure uma nutricionista para orientação.

10) Evite substâncias tóxicas: A pele, o aparelho digestivo e o respiratório podem absorver substâncias tóxicas do meio ambiente. Evite alimentos artificiais (batatas chips, conservantes etc.), cremes de pele (ácidos), tinturas de cabelo e medicamentos sem indicação médica. Não omita para o médico os produtos que você usa no dia a dia.  Tirando os alimentos artificiais, não há nenhuma contraindicação de tipos de comida. Se estiver fazendo algum tratamento estético o médico tem que saber, para orientar qual deverá ser interrompido se a mulher engravidar.

11) Cuide dos dentes: Vá ao dentista para uma limpeza periodontal  antes de engravidar. A doença periodontal pode levar ao aborto ou ao parto prematuro. Se o tratamento na gestação for necessário, é proibido usar raios-X. A anestesia sem adrenalina está liberada. 

12) Tente cultivar o bem-estar emocional: Quem está tentando engravidar e não está conseguindo passa por um momento de grande estresse. Dale afirma que estas alterações não aumentam taxas de aborto nem dificultam a concepção, mas podem prejudicar a vida conjugal. Por isso, se você está bem orientada, tente administrar a frustração e ansiedade.

Fonte: O Globo

15 comentários:

Sônia disse...

Oi Thais,

Vc se lembra de mim??? hah..participei de um blog com vc do Desafio de Corrida da revista Boa Forma, eu sumi,,hhah..e ca estou novamente, seguindo o Desafio de Corrida da revista. Bom te reecontrar por aqui novamente.

Bjinhos!

Lívia disse...

O texto é bom mesmo!Bjs

Processo Criativo disse...

Oi Thais!
Adorei seu blog! Estava pesquisando especificamente sobre esse assunto, e caí no seu blog!
Um abraço!
Samanta

Fabíola disse...

Olá, sou nova aqui e falando a verdade achei seu blog por acaso, estava procurando saber sobre uma festa e acabei caindo aqui, e adorei! Já q eu vou fazer 30 anos daqui a 6 meses. Vou sempre dar uma passadinha agora. Boa sorte!

Ana Carla Benet disse...

Combinado ... te digo tudo que deu errado pra vc não fazer ! kkkk

Bjos
Amei sua visita no Blog

Rolando disse...

oi moça. tudo blz? não posta mais. fechou aqui. apareça lá. abraços.

TA NA MODA disse...

Olá!
Ta na Moda convida você a ficar por dentro das tendências do momento.
Seja bem-vinda!
Abs :)

saracarvalho disse...

para uma gravidez com uma saúde intima cuidada aconselho a usar um bom sabonete liquido intimo, neutro, com ácido láctico..Espreitem aqui para saberem mais http://bit.ly/etSrIF

Fernanda Reali disse...

Excelente dica de reportagem. Ja passei por isso e é assim mesmo. Sugiro também que as tentantes leiam o CANAL DA GRAVIDEZ aqui:

http://www.e-familynet.com/#

E na parte estética, leiam Grávida e Bela, da Dra. Carla Góes Sallet, que fala sobre manchas na pele, estrias, celulite, postura etc.

beijoooo

Eu sou Daniloe.final disse...

gostei do blog, li e segui, dê uma olhada no meu se poder

http://eusoudanilo.blogspot.com/

M&M disse...

Ótimo post,achei seu blog bem intere-
ssante.Também estou iniciando um blog e preciso de uma opniao critica de uma pessoa experiente.
Caso tiver tempo seriamos muito gratas ao visitar nosso blog : www.xtudo-mm.blogspot.com

M&M

Tati disse...

Tem receitinhas novas no meu blog.
Quando puder venha me fazer uma visita,
Bjs!
http://receitasdatatialves.blogspot.com/

Erica disse...

Oi amiga, não vai atualizar aqui não??

Bjsss
Eri.

Erica disse...

Hehehe.. vou esperar o segundo ato!

bjssss

Chris Ferreira disse...

Oi Thais,
eu não fiz preparo algum na primeira gravidez e acabei precisando fazer uma cesárea porque a pressão subiu. Na 2a fiz todo preparo e fez total diferença.
Adorei o post.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/