segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

4 meses completos de vida da Carolina

Minha fofolete completou 4 meses de vida ontem! A bichinha está cada dia mais linda, fofa, gostosa de apertar, cheirar, beijar ... Tá, parei! rs

Com 4 meses, Carolina:

1) Dorme a noite toda. Ei, isso não quer dizer q não acorde para mamar! Ela dá uns gemidos ou um gritinho, daí vou lá, pego, coloco no peito e ela mama dormindo, arrota dormindo e volta pro berço dormindo. Todo processo rola bem rápido. (E então, volto pra cama e continuo meu sono de beleza (oi?)) Isso acontece por volta das 3h e às 6h. Ela dorme por volta das 21h e acorda de verdade às 9h. Tá bom, né?!

a. Isso só não valeu por uns dias, cuja a dependência por chupeta se tornou surreal: era a chupeta cair e ela acordava chorando. Era só pra testar minha paciência ;-) Durou 2 dias e acabou :D E outros 2 dias que ela resolveu que dormir as 21h era muito cedo e só queria dormir 1h da matina. Quem pode com isso? Mas graças a Deus, tudo voltou ao normal.

2) Acorda sempre com a cara mais inchada do mundo! Ai me vê e dá aquele sorrisão de fechar os olhinhos. Quer coisa melhor como um “Bom dia!”? #momentobabação

3) Aprendeu a virar de lado. Deita, fica enrolando de barriga pra cima, vira pro lado e capota.

4) Dorme numa posição e acorda virada quase 180o. Acho que não virou mais ainda porque tem muito bichinho atrapalhando a virada total (tarefa da semana: tirar os bichinhos de lá).

5) Continua não curtindo ficar de bruços. Reclama logo. Mas ontem, por um milagre (ou sono demais), ela dormiu no tapetinho de bruços. O papai colocou e ela ficou e dormiu.

6) Continua viciada em chupeta. Mas, após o teste de paciência (item 1a), tudo voltou ao normal. A chupeta pode cair e nada acontece.

7) Adora brincar com a chupeta: ela tira e tenta colocar. Isso é o tempo todo! Quando não consegue, larga a chupeta e coloca a mão na boca. Estilo "não tem tu, vai tu mesmo".

8) Antes gostava só da mão toda. Agora se eu der mole, vejo o dedão na boca, sendo chupado deliciosamente. Corro, tiro e coloco a chupeta. Mas pra meu desespero, ontem minha mãe disse que o meu caso de amor com o dedão começou aos 5 meses. Sente a tensão agora... Supervisão 24h por dia já!

9) Quando não está com a chupeta na boca, nem a mão e nem o dedo, está ou sorrindo lindamente ou dando gritinhos agudos lindos! Fala pra caramba! Toda linda! Tem hora que grita tanto que a gente fica na dúvida se é grito de alegria, de euforia ou de pré-choro.

10) Ganhou uma nova melhor amiga: a Sol. A boneca é levinha e tem cabelo super fáceis de puxar. A bichinha entranha os dedinhos nos cabelos da boneca, sacode a coitada pra lá e pra cá, coloca na boca, uma agitação só. A Julinha ficou meio de lado. Ela olha pra ela, põe o bracinho na boca, daí acho que o gosto dela não deve ser tão bom quanto o da Sol e descarta rapidinho.

a. Isso é outra coisa: ela enjoa facilmente dos brinquedos. Então agora tenho feito um rodízio semanal de bonecas e brinquedos que emitem som. Tem dado certo. #acompanhemos

11) Enjoou da cadeirinha. Era o brinquedo que ela mais gostava. Teve dia de eu colocá-la sentada e ela chorar (pirraça - sim, ela faz pirraça).

12) Agora está mais curtindo muito o tapetinho que ganhou de Natal. Fica lá por um bom período, curtindo os brinquedinhos pendurados, se olhando no espelhinho, tagarelando sozinha... Um barato! O problema é que coincidência ou não os dias que ela não quis dormir cedo foram os dias que ela mais ficou no tapetinho. Então agora o período de brincadeira no tapetinho é controlado, 1 ou 2 vezes no dia só.

13) Adora se olhar no espelhinho do tapete! Deve achar que é uma amiguinha né?! Sei lá...

14) Curte muito também um móbile que fica perto do trocador dela. Ele faz barulho de bichinhos da fazenda. Ama com todas as forças o porquinho! Quando faz o oinc, oinc, ela abre aquele sorrisão lindo.

15) Apesar de muitos sorrisos, gritinhos eufóricos e gemidos as vezes indefinidos, ainda não dá gargalhada. Pelo menos eu ainda não vi. Ri, se espreme toda rindo, mas gargalhar que é bom, nada. #maeansiosa

16) Continua mamando estilo fast food: pega o peito, suga loucamente e 5 minutos depois (e um peito murchinho que só), abandona o peito e não tem Cristo que faça com que ela mame mais! A neura “será que ela está se alimentando suficientemente?” permanece... Porque né?! Todo mundo, toda literatura falando em 15 minutos em cada peito e ela mamando em 5 minutos e engordando?! Algo muito estranho no Reino da Dinamarca...

17) Continua engordando fofoletemente. Não sei qual o peso que ela está, só sei que tá cansando... 5 minutinhos e os braços estão moídos. Salve, salve tapetinho, cadeirinha, carrinho, berço...

18) Resolveu que fazer cocô é para os fracos. Disse que os fortes absorvem tudo e não fazem cocô. Não tem cólica, não tem barriga dura, muito menos dor na barriga. Continua linda e fofolete, mas sem fazer cocô, para o desespero dessa mamãe aqui, que mesmo sabendo que é normal, fica tensa demais!

19) Aprendeu que peidar é bom e faz isso agora sempre! O problema é que agora o peido é fedido! OMG!

20) Adora tomar banho! Curte muito! Banho na banheira, na redinha, de chuveirinho. Ama! Fica num cutuque só, comendo sabão e se afogando quando molho o rosto dela com o chuveirinho. Tem que ver a carinha de desespero/prazer. Coisa linda! Assim que estiver mais safa com os brinquedos, vou levar as bolinhas e o livrinho pro banho. Vamos ver qual será a reação dela.

21) Continua sem estranhar ninguém. Se fizerem meia gracinha pra ela, fica toda sorridente, toda dada. Tomara que permaneça assim né?!

22) Adora uma rua, um shopping, um evento. Será que puxou a alguém? ;-) Participou da 1ª night dela no réveillon. Noitada, som alto, muita gente. Comportou-se como uma lady! E dormiu praticamente a noite inteira...

23) Está começando a não gostar muito de tirar fotos. É só ver a câmera ou celular, que pára logo de sorrir/fazer gracinha. E agora, Bial?

24) Continua sendo a alegria de viver da mamãe, do papai, dos avós, dos dindos, de todas que a rodeiam e a querem bem!